top of page
  • Foto do escritorPor Dimitry Uziel

Os bons filhos a casa tornam _ ZERØ no Madame


Banda ZERØ no Madame

Apesar de, há muitos anos, conhecer o duradouro trabalho da banda ZERØ, foi somente na sexta edição do evento Post-Punk Brasil que pude, por fim, vê-los sobre o palco. Obviamente apenas com Guilherme Isnard da formação clássica. Porém, esse detalhe em nada interferiu no desempenho maravilhoso da banda como unidade; havia sintonia, energia, troca de olhares brilhantes e uma fidelidade musical ímpar na reprodução de seus hinos de outrora.


Isnard, personificando simpatia e, claramente deleitando-se sob aquele momento — considerando seu afastamento dos palcos devido a atual situação pandêmica que, por mais que amena, ainda paira sobre nós — sorria, dançava, brincava entre uma música e outra. Aos olhos deste que escreve este pequeno texto, relatando a noite de 16 de julho de 2022, a banda parecia divertir-se tanto quanto seu público atento no porão das gárgulas do Madame (ex-Satã).


Normalmente possuo o habito de cronometrar o tempo dos shows, mas por alguma razão não o fiz desta vez. Ainda assim, recordo-me que não foi curto, muito menos longo, posso dizer que na medida exata, sem deixar pedaços faltando ou acabando por se tornar tedioso.


Isnard segue professando sua fé dentro de diversas músicas; vez ou outra podemos perceber um verso aqui e outro ali que esbarra no divino, passeando pelas antigas e novas belas canções, que, aliás, foram essas novas canções que rechearam o show, mas sem deixar de lado outros bons sons de seus dois discos icônicos (Passos no Escuro e Carne Humana). Seu último single, "Quando Esse Mal Passar", já estava saltando com facilidade dos lábios daqueles que puderam desfrutar da apresentação da banda.


A atual formação do ZERØ conta com Nivaldo Ramos no baixo, Daniel Viana na guitarra, Gustavo Wermelinger na bateria e Caius Marins assumindo os teclados. E a "participação especial" dos lindos filhos de Isnard, que subiram ao palco para celebrar a vida, ao lado do pai.


Enfim. Mais uma edição do Post-Punk Brasil concluída com sucesso, com mais uma banda lendária retornando ao palco do velho casarão histórico.


Fotos de Dimitry Uziel e Ka Uziel

+ fotos no Instagram da Bunnyhaus

 

3 comentários

Posts recentes

Ver tudo

3 Comments


marcelo.conte.prof
marcelo.conte.prof
Jul 20, 2022

Ótima síntese! Foi assim mesmo!!! Obrigado Banda Zero, memorável!

Like

Caius Marins
Caius Marins
Jul 18, 2022

Sou Caius Marins, atual tecladista da banda Zerø. Parabéns pela matéria! Sinto uma enorme gratidão por fazer parte de uma lenda do rock nacional!

Like
Unknown member
Jul 18, 2022
Replying to

Só podemos agradecer pelo lindo show com que vocês nos presentearam, @Caius Marins

Like
bottom of page